Translate

Translate

segunda-feira, 29 de março de 2010

Últimos dias na Creche






Nossa nem acredito que esta acabando, vou sentir tanta falta desses "fedozinhos" rs... Apeguei-me tanto, como aprendi nesses dias, aprendi que musica acalma muito as crianças, que nem que seja 1 vez na semana, tem divertir com eles num passeio, brincar é essencial, me surpreendi com as crianças de idade de 0 a 2 anos, é a idade que mais precisa da gente, como gostei de aprender e ensinar, gostei até de todas as fraudas trocadas, mesma as que fedia muitoo.... (sim, eu consegui trocar, essas fraudas tão fedidinhas kkk...) Que delicia acorda cedo, fazer trabalho voluntario, conseguir esquecer todos problema quando chego na creche e sou recebida com abraços, carinhos, daqueles tão inocentes beijos e sorrisos. No meu primeiro dia com os maiores de 03 a 06, queria me atirar pela janela, como são levados, mas com jeitinho vai se ganhando a confiança deles, como foi difícil, mas não pode se chegar com muita cede ao pódio, aprendi isso também! Aprendi que crianças só fazem pirraças e birras com quem deixa... Também tirei a má impressão que tinha sobre as creches, claro que nenhuma é igual a outra, mas a que eu fiquei, crianças são tratadas com muito amor e carinho. Então fico por aqui, deixo algumas fotos, de alguns momentos na creche!

Bjs

Mandy

6 comentários:

Carolina disse...

Owwwwwwn, que kids mais fofas!

Ah, tem que ter dom e paciência pra lidar com criança... não é fácil, mas tem seu lado bom.

Bjs

Roberta Freitas disse...

Oie...
Opa que legal...mais uma etapa cumprida...
se cuida
beijos

*Lais* disse...

oiii
primeira vez aqui no seu blog, ou te seguir!!!
crianças são fofas né!!
bjos

Déia Shu disse...

crianca eh levada mesmo..tem hora que vc quer atirar elas pela janela auhaiuahuahaiuhauha
mas sem duvida vai sentir muita falta..ate hoje sinto saudades da escolinha que eu fiquei 2 meses de experiencia...
sortee em tudo ai ;D
beijaao

Déia Shu disse...

ahhh vc ri com minha historia do alarme neh?
auhauhauhauahuahauha

Roberta Freitas disse...

Obrigadaaaaaaaaaaaa mesmo pelo apoio..
ta sendo muito dificil mas Deus me ajudará a superar...

Agora é correr atrás do que realmente importa..
ser au pair..
beijãoooo